sexta-feira, 15 de outubro de 2010

RETROCEDER JAMAIS

Retroceder... Jamais!
Mas o justo viverá da fé; E, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele.
Nós, porém, não somos daqueles que se retiram para a perdição, mas daqueles que crêem para a conservação da alma (Hb 10.38,39)
Irmãos, nós não somos gente que volta atrás e se perde. Pelo contrário, temos fé e somos salvos. A fé é a certeza de que vamos receber as coisas que esperamos e a prova de que existem coisas que não podemos ver.
É preciso que tenhamos em mente a certeza que somos do Senhor e jamais retroceder em nossa fé, seja qual for o motivo e ou razão.

Motivos de desistência:- Finanças, família, social, relacionamento, incompatibilidade, etc.
Condições dos que desistem:- As dificuldades do deserto, o calor, a sede, saudades das “panelas de carne” são motivos que levam muitos a desistirem da caminhada em direção à Canaã; o coração está cheio das lembranças do Egito que os levam a retroceder. Negam o Senhor Deus e o seu amor dedicado à suas vidas.

Mas, muitos retrocedem!
Retrocedem, quando depositam seus corações na busca desenfreada pelo dinheiro, e bem-estar pessoal.

Retrocedem, ao desejarem viver as práticas comuns aos ímpios.

Retrocedem, quando se deixam levar por relacionamentos “impuros”, pela sexualidade louca desta terra e prazeres decorrente de tais práticas.

Retrocedem, quando nestes dias de campanha política, se envolvem profundamente agindo segundo os homens desta terra, enchendo o coração de ilusões e proferindo palavras que destoam dos ensinamentos do Eterno Senhor.

Retrocedem, quando permitem que a incredulidade entre na vida e construa seus alicerces.

Retrocedem, quando os frutos comuns aos homens que não conhecem a Deus, são manifestos no agir.

Retrocedem, quando a vida torna-se morna, fria, apática. Coração fechado para o Senhor.

Retrocedem, quando as portas são abertas e os problemas desta vida, tomam o primeiro lugar no coração.

Retrocedem, quando a oração foi abandonada, a Palavra deixa de ser sinônimo de alimento e viver em santidade uma condição facultativa.

Retrocedem, quando da boca jorram águas amargas.

Os exemplos de vitórias estão na Bíblia; todos aqueles servos foram “testados” ao extremo, porém, preferiram abrir mão da própria vida a negarem o Senhor, que os levantou e os encheu com o Espírito Santo. É possível ainda, encontramos dentro das igrejas, homens e mulheres que alicerçados na Rocha Verdadeira, são fortalezas inabaláveis; muitos destes, são “irmãozinhos” que não estão em destaque, passam praticamente desapercebidos, no entanto, são vidas cheias do poder de Deus e que O conhecem profundamente e desenvolvem uma vida de comunhão intima; ao conversarmos com eles, somos edificados e alimentados.

Irmãos amados é tempo de mostrarmos a força que o Espírito de Deus nos concede, marchando com firmeza em direção à pátria celeste. “...Somos, entretanto, da fé, para a conservação da alma.” Assim, seremos vencedores e pisaremos sobre a cabeça de nosso inimigo


... Recuar nunca, desistir jamais, avançar sempre!

3 comentários:

sdiney disse...

A paz de DEUS meu amado Pastor

Que o nosso bom DEUS continue lhe agraciando com a maior riqueza que um homem pode obter na terra ( o dom de sua palavra .

Irmão sdiney reman Petrolina

Pr. Marcos Barbosa disse...

Obrigado por passar neste nosso cantinho de meditação.
Espero estar contribuindo para mantemos a comunhão com o Eterno.
abraço a voce e sua familia e todda a familia REMANESCENTES em Petrolina

noemi disse...

A paz de Deus, fico feliz em ter este blog , onde podemos ler e sentir o poder de Deus manifesto sobre sua vida. Deus te abençõe.


Tia Francisquinha e Noemi